Tag Archives: pamela stonebrook

The jazz singer and her alien reptilian lover / A cantora de jazz e o seu amante réptil alienigena

If an alien civilization wanted to slowly take over planet earth by a process of miscegenation, would they choose a particular earthling female specimen, or would they just take us all, like iberian aliens did in the americas?

Pamela Stonebrooke is a jazz singer and a beautiful woman. She is also the star of a particular type of outer space native – the sexy lizzard guy – and the proud mother of several hybrid beings, who will someday perhaps take over our planet, if they haven’t already. Pamela is well-known in ufology circles as the woman who had sex with humanoid reptilians and … enjoyed it …

The reptilian beings aren’t new to ufology, neither are the abductions and claims of abuse. But the pleasurable sex is news. At least good news just in case the space invaders decide to mingle with us. Turns out, that for once a fairy tale is true, and the frog did indeed become a prince! But, other accounts of reptilian encounters are not so hot. David Icke for instance, believes they are among us for thousands of years, since Babylon, down royal lineages of blue blood that kept them in power to this day. Their queen bee is Elizabeth II of England, who lives in Babylondon, and although I’m not sure Icke’s right, it’s a screwed up planet and that would explain a lot. My position on matters of reptilian beings from outer space is therefore simply – I wouldn’t be surprised.

But I am not prepared to judge all reptilians by the poor samples we have here at our home planet. I don’t want to become an inter-galactic racist and assume that all humanoid reptilians are bad aliens. I prefer to make that decision when I meet them personally and individually. After all there are good americans too! And I can see Pamela’s point. When I told a gay male friend that I pictured a lizzard lover that was tall, muscular with the beatiful soft skin of a snake, spiky iguana-style punk ‘hairdo’, with beautiful deep yellow eyes, politically engaged in the social problems of the galaxy and a cool atitude towards things in general, my friend rushed into the toilette and took a long time to come back.

Yep. This alien thing can be that hot. Was Eve’s sin eating the snake rather than the apple?

Expulsion of Adam and Eve, Michelangelo, Sistine Chapel

Se uma civilização alienigena quissesse conquistar este planeta através de um processo de miscegenação, será que escolhia um especimen particular de femea terráquea ou tomava nós todas como os alienigenas ibéricos fizeram nas américas?

Pamela Stonebrooke é uma cantora de jazz e uma bela mulher. É também a estrela de um tipo particular de outros nativos deste universo – o lagartão sexy -, e a orgulhosa mãe de vários seres hibridos, que talvez um dia tomem conta do mundo, se é que já não o fizeram. Pamela é bem conhecida nos meios ufológicos como a mulher que transou com reptéis humanoides …  e gostou …

Seres reptéis não são desconhecidos da ufologia, e nem o são as abduções e queixas de abusos. Mas o sexo prazeiroso, isso sim, é noticia. No minimo uma boa noticia, caso os invasores do espaço resolverem vir socializar com a gente. Afinal parece que pelo menos um conto de fadas se tornou realidade e o sapo virou mesmo principe! Já outras histórias sobre encontros reptilianos não são tão quentes. David Icke por exemplo, acredita que eles estão entre nós por milénios, desde a Babilónia e através das linhagens reais de sangue azul que os mantém no poder até hoje. A abelha rainha, ou seja a sapa-mor, é a Elizabeth II da Inglaterra, que mora na Babilondres, e apesar de eu não ter a certeza se Icke está certo, este é um planeta fodido e isso explicaria muita coisa. Assim, a minha posição relativamente a assuntos sobre reptéis humanoides vindos do espaço é simplesmente – não me surpreenderia.

Mas também não estou preparada para julgar todos os reptéis humanoides baseada nos maus exemplos que temos aqui no nosso planeta. Não quero me transformar numa racista inter-galática e partir do principio que todos os reptéis humanoides são maus alienigenas. Prefiro decidir quando os conhecer pessoal e individualmente. Afinal também existem bons americanos! E eu entendo o ponto de Pamela. Quando disse a um amigo gay, que imaginava um amante lagarto que fosse alto, de musculos bem toneados, com a pele macia de uma serpente, crista punk ao estilo iguana, com lindos e profundos olhos amarelos, politicamente engajado nos problemas sociais da galáxia e uma atitude tranquila em relação às coisas em geral, o meu amigo correu para o toilete e demorou demais para voltar.

É… esta coisa com alienigenas pode ser quente assim… Será que o pecado de Eva foi comer a cobra, e não a maçã?