Street Writers / PiXadores


Monty Python’s Life of Brian must be my favorite comedy ever. I’ve been digesting graffiti practices, market appropriation, from clandestine to mainstream sort of issues lately… So, at some point I couldn’t help thinking about this episode in the life of Brian and wonder: if JC existed, being the radical he was, anti-roman imperial establishment, free palestine sort of guy, could he have been a graffiti artist? I mean, he had to be tempted to write some stuff up on a wall. Symbols… the fish or whatever…and of course, most definitely, romans go home…Was JC a pixador?
I’ve written before about writing on walls, painting on walls, triping on walls, graffiti and clandestinity, murals, but I haven’t said a word yet about a major distinction made in Brazil – I believe perhaps unique to Brazil – between what is perceived as graffiti and what is called pichação. Grafitti being more colourful, representational, in a way ‘presentable’ to aesthetic mainstream taste became accepted and even incorporated in state funding for social projects. It has in many ways entered the mainstream.
Pichação has a worst name. It appears to that same mainstream as a sort of vandalistic attack on beauty, which should be punished and has no value. Its encoded messages formed by letter/symbols mean nothing to most people. Often they make interventions in the public space making statements, exposing what escapes most.
But pichação may be getting its recognition soon. A friend who blogs at http://canhotagem.blogspot.com and http://tropecassino.blogspot.com, pointed out this article to me: http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u590688.shtml (in portuguese) talking about São Paulo artists invited to go to Paris to ‘pixar’ a museum.
Totally avant-garde.
Seems to echo other art historical turning points when impressionists and expressionists, cubists, futurists became the thing in the art market. And thus became the mainstream.
We are witnessing one such transformation, where pixadores – with an X as they themselves use – can become the new happening in the art galleries of the world, inspiring new motifs for fabrics from clothes to table cloths, and introducing a new aesthetic that will increasingly become the norm.
But that will never stop the street pixador. Even because the art of pichação is not limited to the result. There is thrill involved, there is physical action to reach high often risky places. Plus it involves an attitude of defiance of social rules through play that I can only consider healthy.
No need for pics. For 21st century art in action, 21st century tools. Better than Pollock art in action film projections, here’s a short youtube pixo in action stream…enjoy!


///

A Vida de Brian dos Monty Python deve ser a minha comédia preferida (ver primeiro video acima). Tenho andado a digerir práticas de graffiti, apropriações de mercado, coisas do tipo ir de clandestino a tendência atual… em alguma altura inevitavelmente me lembraria deste episódio na vida de Brian e me perguntaria: se JC existiu, sendo o radical que era anti-imperialista romano e ativista pela libertação da palestina, poderia ele ter sido um graffiteiro? Ele deve ter ficado tentado a escrever alguma coisa nalguma parede, não é possível. Símbolos … o peixe, o que fosse … e claro, definitivamente, o clássico ‘romanos vão para casa’ … Era então JC um pixador?
Já escrevi sobre escrever nas paredes, pintar nas paredes, viajar nas paredes, graffiti e clandestinidade, murais, mas ainda não tinha dito nada sobre uma distinção existente no Brasil – acredito que talvez única – entre o que é graffiti e aquilo que aqui se chama pichação. Graffiti sendo o mais colorido, representacional, ‘apresentável’ aos gostos estéticos correntes tornou-se aceite e até incorporado em projetos sociais finaciados por dinheiros públicos. Entrou assim de certa forma nos circuitos de tendências estéticas atuais.
Pichação já leva pior nome por aqui. Está conotada com um tipo de ataque vândalo à beleza, algo que merece castigo e é sem valor. Suas mensagens codificadas formadas por letras/símbolos não significam nada para a maioria. No entanto, frequentemente atuam como intervenções no espaço público urbano, declarações expondo o que escapa a essa mesma maioria.
Mas a pichação pode estar para ganhar reconhecimento no mercado da arte muito em breve. Um amigo que bloga em http://canhotagem.blogspot.com/ e http://tropecassino.blogspot.com/ (ver links a direita sob ExprssIONs), mostrou-me este artigo http://www1.folha.uol.com.br/folha/ilustrada/ult90u590688.shtml que fala de artistas de São Paulo convidados a ir a Paris pixar um museu.
Avant-garde total.
A situação é um eco de outras viradas na história da arte quando impressionistas, expressionistas, cubistas, futuristas e outros se tornaram o acontecimento do mercado da arte. E assim se tornaram a norma.
Assistimos a uma mais transformação, onde pixadores – com x do jeito que eles proprios usam – se podem tornar no novo acontecimento das galerias de arte mundiais, inspirando novas estampas usadas em desfiles de moda e catalogos de toalhas de mesa, e introduzindo uma nova estética que se tornará gradualmente na tendência ou norma. Sempre foi assim.
Mas nada disso parará o pixador da rua. Até porque a arte da pichação não se limita ao ato de desenhar e ao resultado. Existe uma adrenalina, uma ação fisica que por vezes procura alcançar lugares elevados e arriscados. Envolve ainda uma atitude de brincadeira que desafia as regras sociais e que me parece saudável.
Não preciso adicionar fotos. Para uma arte em ação do século 21, ferramentas do século 21. Melhor que Pollock e aquelas velhas projeções cinematográficas mostrando sua técnica de ‘dripping’, vejam este youtube com ‘pixo’ em ação.

About manu|escrita

https://about.me/manu.escrita View all posts by manu|escrita

4 responses to “Street Writers / PiXadores

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: