Station Beach / Praia da Estação


Belo Horizonte is a great Brazilian city that doesn’t fit the Brazilian stereotype. The capital of Minas Gerais, an inland state who contributed to a rich north by having its gold and diamond resources exploited to the core, Belo Horizonte doesn’t have any beaches crowded with beautiful girls wearing tiny bikinis. Well… that was until Station Square (Praça da Estação) was turned into Station Beach.

One of the most beautiful squares in the city, home to the museum of arts and crafts, which is housed in the city’s train station, has been spontaneously transformed once a week by the Belo Horizontinos themselves into another exotic Brazilian beach.  

It all started with city law 13798 decreed by Belo Horizonte’s mayor Márcio Lacerda. The square – a great venue for shows and various events, including Belo Horizonte’s Critical Massdeparting point – was shut down to the public by the city’s ‘highest public servant’. Any sort of group assembly is now forbidden by city hall, in a public square paid by tax payer’s money.

Not to worry. If people can’t go to the square, than there’s nothing left to do except … go to the square! So, every saturday now, people from all over the city leave their homes in shorts or bikinis, towel in hand, and settle in the city’s sole beach. The first time, people enjoyed bathing in the square’s fountain, because no-one was expecting them. But in a show-off of childish dictatorial ‘who’s the boss?’ power display, the authorities decided that saturday is now the day when the fountain will always be closed. 

Again, not to worry. At least water is ecologically saved from springing on an empty square. And there are always good souls driving water barrel trucks who now routinely come by and ‘hose’ the crowd. Talk about being creative when it comes to community solidarity…!

While the cops are in stand-by observing, people hang out, chat, get wet, drink, eat, play beachball and even get ocasionally interrupted by the ‘beach’ vendors. Just like in Ipanema or Copacabana.

Below two worth-watching videos documenting Belo Horizonte’s new weekly creative protest event.  

The Manifesto?

WE WANT CULTURE, ENTERTAINMENT AND ART

Translation to some of the chants you will hear below?

1- Hey Lacerda (the mayor) turn on that shit (the fountain)…(Yes BH’s mayor’s name rhymes with shit)

2- Hey Lacerda your decree is shity

3- Come to the beach come, Lacerda

4- Come to the beach come, police

5- Hey police, the beach is delicious

Enjoy the videos and spread the word … BH has now a beach!!!  

///

Belo Horizonte é uma grande cidade brasileira que não se encaixa no estereotipo que o estrangeiro tem do brasil. Capital de Minas Gerais, um estado do interior, cuja exploração intensiva de ouro e diamantes contribuiu para a riqueza do norte, Belo Horizonte não tem praias populadas por graciosas mulatas em bikinis reduzidos. Bom… isso foi até a Praça da Estação ser transformada em Praia da Estação.

Uma das mais belas praças da capital do estado, onde a estação de trem da cidade abriga o Museu de Artes e Ofícios, foi transformada espontaneamente uma vez por semana, pelos próprios Belo Horizontinos, em mais uma exótica praia brasileira.

Tudo começou quando o prefeito da cidade ordenou o decreto-lei 13798. A praça, um ótimo local para concertos e eventos vários, incluindo o ponto de partida da Bicicletada,foi declarada pelo ‘maior servente público’ da cidade, encerrada ao público. Qualquer tipo de ajuntamento ficou assim proibido pela prefeitura, numa praça pública paga com o dinheiro dos impostos dos cidadãos.

Sem problemas. Se as pessoas não podem ir à praça, então não há mais nada a fazer senão… ir à praça! Assim, todos os sábados, gente de todos os pontos da cidade sai de casa, de calção ou bikini e toalha na mão, para pegar uma praia no único local possível da cidade. Da primeira vez, até deu para tomar banho na fonte, porque ninguém estava à espera que uma praia surgisse por ali. Mas numa mostra de poder birrento e ditatorial de ‘quem manda aqui sou eu’, as autoridades resolveram que aos sábados a fonte fica agora fechada.

De novo, sem problemas. Pelo menos é ecológico, não se gasta água à toa numa praça vazia. E sempre aparecem umas almas caridosas que dirigem caminhões-pipa e dão umas mangueiradas no pessoal. Isso é que é ser criativamente solidário com a comunidade.

Enquanto a policia observa parada, o pessoal passeia, conversa, molha-se, bebe, come, joga beachball e até chega a ser interrompido pela passagem dos vendedores de praia. Tal qual Ipanema ou Copacabana.        

Acima, dois vídeos documentando o novo protesto criativo semanal da cidade de Belo Horizonte. Vale a pena ver!

O Manifesto?

QUEREMOS CULTURA, DIVERSÃO E ARTE!

Para os tugas que não entenderem o que gritam os brasucas, aqui vai a legenda:

1- Hei Lacerda liga essa merda

2- Hei Lacerda o teu decreto é uma merda

3- Vem pra praia vem, Lacerda

4- Vem pra praia vem, polícia

5- Hei polícia, a praia é uma delícia

Curtam os vídeos e espalhem  a notícia… BH já tem praia!!! 

About manu|escrita

https://about.me/manu.escrita View all posts by manu|escrita

4 responses to “Station Beach / Praia da Estação

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: