Signs / Sinais


Today I read on bbc news that British scientist Stephen Hawking thinks we do better not trying to contact aliens. We don’t know these people so if we attract them to us we might end up as screwed as the american indians after Columbus arrived. Good point. And Hawking added “We only have to look at ourselves to see how intelligent life might develop into something we wouldn’t want to meet.” …

Well, Hawking doesn’t have to worry about aliens coming here to exploit the planet because there will probably not be much left. The People’s World Conference on Climate Change just ended in Bolivia. It was organized as a counterpoint to Copenhagen failure summit, by countries who remain neglected in their demands for compensation, and who don’t consider that the outcome of that conference will do enough to tackle climate change. Now, that’s a good sign of intelligent life that I would want to meet!

The conference was organized in Bolivia, a country whose indigenous people are tough and experienced in fighting back the big sharks. Bless the spirits of the highlands for those coca leaves. Like 10 years ago when they formed a movement called ‘The water is ours, damn it’ (La agua es nuestra carajo) and kicked Bechtel out of their land – Bechtel being a company from San Francisco, California, up there in the north, who actually bought the water supply of Bolivia … should we worry about coming aliens or are they already here?

The People’s World Conference in Bolivia brought in an Indigenous ethics to the issue of climate change. The West who pollutes the most and basically screwed up the planet for others, treats the matter in quantitative terms. You pay your carbon footprint and it’s all cool you can pollute. Apparently the planet agreed to self-regenerate in exchange for a comission of our green taxes. The Indigenous have a different posture, a qualitative one. They see the relationship between climate change and the mass consumption set in motion by capitalism. They see Earth as a being, as a mother who cares for her children. A mother who is sick but still has rights. So, from this conference came out the Universal Declaration on the Rights of Mother Earth. The right not to be polluted, to be able to perform its vital cycles, to not be damaged in its genetic structure by human action, and so on. In addition the conference proposes an international referendum on climate change and a climate change tribunal where to judge the nations who did not sign the Kyoto agreement.

The indigenous of the Americas had an alien invasion 500 hundred years ago. An alien invasion from their own planet. Should they now also worry about beings from other planets when they’re still fighting the aliens from this one? What if beings from other planets actually come to help us out against the bad bad bad humans?

Is there any intelligent life out in the universe we would want to meet and who could give us a hand with the aliens at home?

///

Hoje li na bbc news que o cientista britânico Stephen Hawking acha que não devíamos tentar contatar alienígenas. Não os conhecemos portanto se os atrairmos para nós, podemos acabar tão fodidos como os indígenas das Américas depois que o Colombo chegou. Boa comparação. E Hawking ainda acrescentou “Apenas precisamos de olhar para nós mesmos para vermos que a vida inteligente pode evoluir para algo que não queremos conhecer.” …

Hawking não precisa se preocupar com alienígenas vindo por aí para explorar o planeta porque provavelmente não restará nada para explorar. A Conferência Mundial Popular sobre as alterações climáticas terminou na Bolivia. Foi organizada em resposta ao falhanço de Copenhaga por países negligenciados em suas exigências por reparações financeiras, e que não consideram que Copenhaga tenha apresentado soluções eficazes. Isso sim, são bons sinais de vida inteligente que eu quero conhecer!

A conferência teve lugar na Bolivia, um país com um povo Indígena duro de roer e já bastante habituado a combater os tubarões da vida. Abençoados sejam os espíritos das terras altas, pelas sagradas folhas de coca. Como há 10 anos, quando o povo se juntou num movimento chamado La agua es nuestra carajo, e xutou a Bechtel para fora das suas terras – Bechtel era, note-se, uma companhia de San Francisco, lá no norte, na Califórnia, que comprou a água da Bolivia … será que precisamos de nos preocupar com alienígenas que cheguem por aí, ou será que eles andam aí?

A Conferência Popular Mundial na Bolivia trouxe ao tópico da alteração climática uma ética indígena. O ocidente, que é quem mais polui e quem basicamente estragou o planeta para todos, lida com o assunto em termos quantitativos. Paga-se uma ‘pegada’ ou lá quantas forem e tudo bem, pode-se poluir sem problemas. Parece que o planeta concordou em se auto-regenerar por uma comissão dos impostos verdes sobre pegadas… Já o Indígena pensa de um jeito diferente, em termos qualitativos. Ele vê a relação entre alteração climática e o consumo em massa posto em curso pela prática capitalista. Ele olha a Terra como um ser vivo, uma mãe cuidando de seus filhos. Uma mãe doente, mas uma mãe com direitos. E assim desta conferência saiu algo único: a Declaração Universal dos Direitos da Mãe Terra. O direito a não ser poluída, o direito a exercer seus ciclos vitais, a não ter sua estrutura genética danificada pelas ações dos seres humanos, e por aí fora. A conferência propõe ainda um referendo internacional sobre o tema da alteração climática e um tribunal onde julgar as nações que não assinaram o Tratado de Kyoto.

Os Indígenas das Américas sofreram uma invasão alienígena já fez 500 anos. Uma invasão alienígena vinda do seu próprio planeta. Deverão então eles se preocupar com seres vindos do espaço, quando ainda lutam contra os deste planeta? E se seres alienígenas vierem, mas para ajudar contra os humanos maus?

Existe vida inteligente no universo que a gente queira conhecer e que nos possa dar uma ajudinha com os alienígenas aqui da casa?

About manu|escrita

https://about.me/manu.escrita View all posts by manu|escrita

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: